quinta-feira, 27 de agosto de 2009

A ausência da escrita acaba por tirar minha vida. Perco as forças, perco o rumo, perco a cor, o brilho,o ar. A tinta entra em contato com o papel e numa fotossíntese fantástica produz o meu oxigênio.Gritar nas minhas linhas faz meus pulmões respirarem como novos. Movimentar meus dedos faz com que todos os músculos, ossos e nervos sintam-se exercitados. Essa sensação, eu sei, é universal. Mas quem a sente sabe também que ela não se mostra no papel como aparece em seu próprio ser.

24/08/2009

2 comentários:

☆Liliane♥ disse...

Eu fico toda orgulhosa de ter uma amiga q escreve tão bem! =) Simplesmente perfeito! Me identifiquei mto e vc "traduziu" mto bem a arte da escrita! bjos!

Zazá disse...

Oi!
ótimo post, sempre que puder estarei passando por aqui.
Se puder passa no meu!
beijo.