sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

D ex-equilibrando

Minha neta e minha avó vivem numa guerra sem fim.
Bombardeiam meus pensamentos com opiniões contrárias.
Não encontro uma solução para mantê-las em paz, como uma família deveria ser. Elas não se entendem e, pior, querem que eu me decida sobre qual das duas escolher como minha preferida.
Não posso explicar como estar com aquela garotinha é bom. Diversão além do imaginável!
Mas os conselhos daquela senhora são fundamentais. Ela sabe me fazer agir racionalmente nos momentos precisos.
Quero as duas, mas não pode ser.
Vou levando-as assim... Em guerra, juntas a mim, como se estivéssemos em paz.

"Os deuses me convidam para dançar no meio fio..."

3 comentários:

Rômulo Alexander disse...

"Minha neta e minha avó!"

Caramba, eu adorei muito muito muito essas colocações.

Rodolfo Alves disse...

a inoncência vs. a maturidade

Ou seria

a leveza vs. o remorso

ou talvez

a sinceridade vs. a astúcia

♫ Liliane ♥ disse...

gostei! ♥ Bem criativo!