quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O doze

"- E outra coisa.

- O quê, mestre?

- Não era o 12. Era o 21.

- O 21?!

- O 21.

- Então por que o senhor falou todas aquelas coisas sobre o 12 e a sua importância em nossas vidas?

- Porque o 21 não tem a menor graça, ao contrário do 12. Porque o 21 não tem nenhuma história, ao contrário do 12. Porque o 21 não significa nada, ao contrário do 12. Porque a única coisa interessante sobre o 21 é que ele é o contrário de 12.


E o sábio fechou os olhos e indicou com um sinal que a consulta estava terminada e ele estava reintegrando-se com os cosmos."




Trecho do conto "O doze" de Luis Fernando Veríssimo

2 comentários:

☆Liliane♥ disse...

Eu gosto do 21!
Quer um desconto?
Faz um 21!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rodolfo Alves disse...

/\ ri alto!
II
II
II