quarta-feira, 2 de junho de 2010

Sem conhecer

Eu sei que sua cor preferida é verde, ainda que você me diga que é vermelho.
Eu sei que você adora aprender, mas não gosta muito de estudar.
Eu sei que você gosta de estilos de músicas diferentes, ainda que não seja eclético.
Eu sei que você briga com as pessoas que ama, exatamente por amá-las.
Eu sei que você tem esse ar de que nada está acontecendo, mas que em sua cabeça acontecem mil coisas ao mesmo tempo.
Eu sei que você nunca viria à festa onde eu gastei a minha noite inteira deste sábado.
Eu sei que você poderia beber a mesma quantidade de bebidas que eu sem ficar com metade da minha embriaguez.
Eu sei que você me acharia ridícula se me visse assim- sentada no meio da faculdade, achando todas essas pessoas ridículas, escrevendo para você num pedaço de papel velho.
Eu sei que saber me faz sofrer, porque eu sei quão bom você é pra mim.
Eu sei que você nem sabe que eu existo, enquanto eu já sei tudo sobre você.
Eu sei tudo sobre você, sem saber nada sobre você.
Eu sei que não deveria te escrever sem te saber.
Eu sei que não saberei o que fazer quando souber quem você é, realmente.
Eu nem sei seu nome, nem sei de onde veio, nem sei de nada. Mas eu sei de tudo. De alguma forma, sei.


28,30/05/2010

2 comentários:

♫ Liliane ♥ disse...

Texto lindo e eu fui a primeira pessoa a ler! =DDDDDDDDDDDD

Rodolfo Alves disse...

acho que não há o que possa saber...