domingo, 29 de novembro de 2009

Chega de ser ridícula.

Isso seria um recado do orkut, mas virou um post. Com esse monte de citações, eu vou encerrar*¹ essa babaquice de falar nesse assunto. Meu blog definitivamente não vai virar um amontoado de lamentações por isso.

Ainda estou mal, mas sei que um dia vai passar. Eu não vou morrer. Eu estou morrendo. E não é literalmente. "Estar morrendo" quer dizer que estou agonizando, sofrendo, e sentindo muita dor; mas que não terei o alívio da morte. As coisas continuarão assim por algum tempo porque eu não consigo (ainda) me levantar. Então eu fico aqui, morrendo sem nunca morrer.

Li a expressão "puxaram meu tapete antiderrapante"*² e achei genial. Completo dizendo que puxaram meu tapete antiderrapente, e puxaram pela frente. Aí eu caí de costas, e fiquei aqui no chão porque o choque do contato dos meus pulmões com o chão não me deixava respirar. Numa tentativa inútil de inspirar algum oxigênio, eu inspirava todas as dores do mundo. Mas não conseguia respirar, não conseguia me levantar, não conseguia. Fiquei aqui no chão sentindo o chão gelado e sentindo as dores do mundo. Enquanto meu tapete era levado.
Por favor, não comentem "Isso passa." Eu já sei. E eu não quero ouvir o que eu já sei.
Segue o que seria o recado...

Sabe quem eu amo? Tati Bernardi...
Ela escreve o que todo mundo sente, sentiu ou sentirá um dia (pelo menos o que eu sinto) numa montanha magnífica de textos lindos...

"É triste amar tanto e tanto amor não ter proveito. Tanto amor querendo fazer alguém feliz.

Tanto amor querendo escrever uma história, mas só escrevendo este texto amargurado.É triste

saber que falta alguma coisa e saber que não dá pra comprar, substituir, esquecer,implorar.
É triste lembrar como eu ria com ele."



Mas ela também me dá um tapa na cara e me mostra o quanto eu sou ridícula... Mas eu sei que vou deixar de ser ridícula. E espero que isso seja em breve...

"Te amo mesmo, talvez pra sempre. Mas nem por isso eu deixo de ser feliz ou viver minha vida. Foda-se esse amor. E foda-se você. "

"Mas chega, se não houve troca, chega, porque amar sozinho é solitário demais, abandono demais, e você está nessa vida para evoluir, mas não para sofrer.Hoje eu acordei sem ter quem amar, mas aí eu olhei no espelho e vi, pela primeira vez na vida, a única pessoa que pode realmente me fazer feliz. "


*¹Já que é pra encerrar, vou deixar o link da música de hoje... Sonhos-Peninha
*²O Diário de Bridget Jones- lindo lindo lindo


4 comentários:

♫ Liliane ♥ disse...

Sensacional!
=D
Post brilhante!

Marina disse...

Isso ia ser meu recado????

Não acreditooo!
Adoreiii!!! É genial... e cômico... e prático... e emocional! Tudo junto mesmo!!!!
*.*

Rodolfo Alves disse...

como é que você conseguiu me ver no seu espelho se eu nem estava perto?

aehuaehuaehuah

=D

Rodolfo Alves disse...

...