quarta-feira, 29 de julho de 2009

Um instante de saudade

E ele, com coragem e medo, pergunta a ela se sentirá saudades... Usando de toda a sinceridade que encontrara em sua alma ela responde que sim. E aqueles segundos de despedida duraram séculos a partir do tempo que eles passaram a usar.


Suponho que não seria possível narrar tudo o que passara em sua mente naquele momento. Lembranças se misturavam às previsões; as certezas se misturavam aos medos... O que aconteceria a partir daquele momento? Seria o fim do conto de fadas ou só uma pausa para aumentar a emoção?

E sendo passado o triste tempo, percebe quanta saudade sentira...
Aquele aperto no coração que fazia doer e fazia com que a respiração parasse por alguns instantes... Aquela raiva pela falta que alguém poderia fazer em sua vida... Aquela ansiedade em pensar no tempo que ainda faltara para se encontrarem... Aquele desespero em imaginar que poderiam não mais ter toda aquela magia... Aquela vontade em ter novamente as mãos e as almas unidas...

Sim, sentira saudade...

2 comentários:

☆Liliane♥ disse...

q postagem mais linda e perfeitaaa!
amei, amigaaa!
bjuuu

Rodolfo Alves disse...

Nossa! Brilhante... a saudade pode ser bem mais que só saudade. =D

Tá de Parabéns! Embriagante!